Você está disposto a largar tudo por Ele?

Eu ainda não sei como vou falar tudo o que vem a seguir. Mas, posso começar dizendo que Deus tocou no meu coração e fez uma única pergunta: Eu estou te chamando agora. Mas, você está disposta a abandonar tudo e vir me encontrar?

E ele quer perguntar a você também: Você está disposto?

Ele deseja que você diga sim.

Eu sei que, quase sempre, o centro da nossa vida são as nossas necessidades ou nós mesmos, não Ele. Eu sei que, às vezes, não procuramos Deus por causa de Deus, mas por causa de algum interesse, seja porque precisamos de saúde, de felicidade, de dinheiro ou de tantas coisas mais. E enquanto agimos assim, entramos no sistema do mundo, do egoísmo e nada certo.

Eu sei que, muitas vezes, desejamos Cristo em nossa vida, desejamos receber bençãos e sentir o Espírito Santo. Mas Deus está te perguntando agora mesmo: Você está disposto a carregar a sua cruz? Você aceita renunciar todas as suas vontades para que, somente, a vontade de Jesus prevaleça em sua vida? Você tem coragem de abrir mão dos seus sonhos e viver projetos e planos que Cristo preparou para você?

Eu sinto que temos tirado Jesus do centro e colocado sonhos no lugar. Ora, o mundo é inconsequente e tenebroso, qualquer coisa pode se tornar mais importante do que Deus: O trabalho, a diversão, a televisão, as notícias no final da tarde, o futebol, a cerveja da sexta-feira. Deus não faz parte da nossa vida, apesar de dizermos que sim. A tecnologia nos levou a sermos independentes, temos tudo e não necessitamos de mais nada. Temos máquinas que fazem tudo: lavam, secam, cozinham, limpam. Para que Deus, não é mesmo?

Talvez você não diga nada disso e até negue, mas somos fracos e caímos nas mentiras que o mundo nos coloca. Quantos minutos por dia você tira para falar com Deus? E quanto minutos você perde com coisas inúteis? Não responda. Pense. Como você vive? Sua vida é dirigida por quem? Como você toma as suas decisões? Baseado na Palavra, nas promessas de Deus ou você vive em ansiedade e preocupação?

Lembre-se, se Jesus não é centro, nada faz sentido. Do que adianta diversos ministérios, inúmeras reuniões, células, festas, ações, metas e tudo o mais se estamos nos esquecendo que a principal motivação de qualquer propósito deve ser o Pai? Ir à igreja, levantar as mãos em adoração, cantar, gritar, pular. Nada disso faz sentido, se no dia seguinte você abandona a vontade de Cristo para satisfazer a sua vontade e coloca coisas, situações ou pessoas como sua prioridade e ainda se convence de que Deus entende que é para seu bem, seja a sua profissão, a carreira, prestígio ou você mesmo. A realidade é que as nossas escolhas não tem nada a ver com Deus, são para a nossa própria glória.

Romanos 12:2 “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação de sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

Sim, você pode sentir Deus queimar em seu coração. Mas, é preciso morrer para si mesmo e voltar ao seu primeiro amor por Jesus. É preciso abrir mão de todas as suas vontades e permitir que apenas Jesus seja o centro, o seu alvo, o seu tesouro e a sua razão de viver. Quando realmente conhecemos a sua misericórdia, vamos viver em paz, na certeza de que temos o Deus todo poderoso como nosso Pai. Será possível perceber a presença de Deus em cada instante que vivemos e todos os dias da nossa vida serão os melhores, pois temos esperança, prazer verdadeiro e sabemos de onde vimos e para onde vamos. Basta ter fé.

Depois de compreender isso completamente, entendemos que o maior motivo de nos relacionarmos com Deus é somente porque o amamos e o queremos, mesmo que não tenhamos dinheiro no banco, felicidade, roupas novas, mesmo que tudo pareça perdido ou sem saída, Ele sempre deverá ser o centro de todas as coisas, pois foi Ele que nos criou, nos redimiu e tudo o que foi feito estava dentro dEle, a minha vida, a sua vida e tudo foi feito dele, por ele para ele. (Romanos 11:36 / Colossenses 1:16 / João 1:3)

Feche agora mesmo os seus olhos e diga: “Jesus, cresça na minha vida.”

E confie. O restante Ele fará.